APNEIA DO SONO CONTACTE-NOS

O que é a Apneia do Sono?

Apneia Obstrutiva do Sono é um distúrbio respiratório em que os músculos da garganta relaxam a ponto de entrar em colapso, provocando uma cessação do fluxo respiratório durante o sono durante um período de pelo menos 10 segundos.

Estas paragens respiratórias podem produzir entre outros efeitos a diminuição dos níveis de oxigénio e o aumento dos níveis de dióxido de carbono no sangue que, por sua vez, podem induzir a outros problemas como o aumento do trabalho a nível cardíaco e a hipertensão arterial.

Quando deixa de respirar involuntariamente o centro de controlo respiratório situado no cérebro envia um sinal de ativação para acordar apenas o suficiente para obter um pouco de ar e voltar a respirar. Depois volta a adormecer e o ciclo recomeça. Isto pode acontecer mais de 50 vezes numa hora durante toda a noite mesmo que não tenha consciência disso.

Como deve imaginar, não receber oxigénio e estar constantemente a ser ativado para voltar a respirar, hora após hora, noite após noite, submete o corpo a um elevado grau de stress.
A apneia do sono afeta atualmente mais de 3 homens em cada 10 e quase 1 mulher em cada 5, pelo que é mais comum do que se possa pensar 1

Referências:
Sleep-disordered breathing affects 34% of men and 17% of women aged between 30-70. Peppard et al. Increased Prevalence of Sleep-Disordered Breathing in Adults. Am J Epidemiol. 2013 (5.17)

TIPOS DE APNEIA

Conheça as diferenças entre os três principais tipos de apneia do sono e saiba como reconhecer os seus síntomas.

Existem três tipos principais de apneia do sono:

Apneia obstrutiva do sono (AOS)

A apneia obstrutiva do sono é o tipo mais comum de apneia do sono representando 84% dos diagnósticos de apneia 1.As paredes da orofaringe fecham-se totalmente e cria-se um colapso inspiratório com mais de 10 segundos de duração.

A via aérea superior pode ficar obstruida pelos seguintes motivos:

  • Relaxamento dos músculos durante o sono obstruindo a passagem de ar
  • O peso dos tecidos da orofaringe e do pescoço estreitam as vias aéreas
  • Amigadalite ou outros motivos temporários
  • Motivos estruturais, como a forma do nariz, do pescoço ou da mandíbula

Referências:
Morgenthaler TI, Kagramanov V, Hanak V, Decker PA. Complex sleep apnea syndrome: is it a unique clinical syndrome? Sleep 2006;29(9):1203–9

Apneia Central do Sono (ACS)

A apneia central do sono é o tipo menos prevalente de apneia do sono e pode ser causada por insuficiência cardíaca ou devido a uma lesão que envolva o cérebro, tal como:

  • AVC
  • Tumor cerebral
  • Infeção viral no cérebro
  • Doença respiratória crónica

Pacientes com apneia central do sono apresentam um distúrbio ao nível do sistema nervoso central, em que o centro de controlo respiratório não envia o estímulo nervoso para respirar. A comunicação entre o cérebro e o corpo é perdida interrompendo-se a ação automática da respiração. Em alguns casos a via respiratória está aberta, porém o ar não flui para os pulmões, não havendo obstrução nem esforço respiratório.
As pessoas que sofrem de ACS não costumam ressonar, pelo que, por vezes, é uma patologia que passa despercebida.

Apneia Mista

A apneia mista é uma combinação de apneia central (quando não há esforço respiratório) e apneia obstrutiva (quando existe obstrução da via aérea superior) é o tipo menos comum de apneia do sono.

COMO SABER SE TENHO UM PROBLEMA?

Sinais de alerta durante a noite:

  • Ressonar
  • Sono agitado
  • Pausas respiratórias durante a noite
  • Necessidade de urinar frequentemente durante a noite (nicturia)

Sinais de alerta durante o dia:

  • Sonolência
  • Cansaço
  • Cefaleias
  • Dificuldade em manter a concentração ou a memória
O primeiro sinal de apneia do sono e também o mais comum geralmente é detetado pela pessoa que dorme consigo ou algum familiar: o ressonar.

Também pode ser que lhe digam que, quando dorme, emite sons estranhos como se estivesse ofegante ou a afogar-se e que tem um sono inquieto e agitado.É importante reconhecer os sintomas da apneia do sono para poder tomar as medidas necessárias e melhorar a sua saúde. Também é importante saber que a patologia da apneia do sono está relacionada com outras patologias.

  • Cansaço constante
  • Dificuldade de concentração
  • Dores de cabeça matinais
  • Apatia e depressão
  • Suores noturnos
  • Aumento de peso
  • Falta de energia
  • Perdas de memória
  • Disfunção sexual
  • Necessidade de urinar frequentemente durante a noite

A apneia do sono também está vinculada a outras patologias, como por exemplo:

  • Diabetes Tipo 2
  • Obesidade
  • Insuficiência Cardíaca
  • Hipertensão Arterial (tensão arterial elevada)
A apneia do sono está associada com diversos riscos para a saúde e que podem ter consequências graves. Um estudo sobre a apneia do sono realizado durante os últimos 20 anos demonstrou que as pessoas que sofrem de apneia do sono moderada a grave têm um maior risco de acidente cardiovascular e morte1

Uma apneia do sono não tratada afeta a qualidade de vida e o bem estar mental da pessoa o que frequentemente conduz a sintomas de depressão1. Em alguns caso a apneia do sono pode afetar o seu trabalho e a sua segurança.Referência:1 Marshall NS; Wong KK; Cullen SR; Knuiman MW; Grunstein RR.